domingo, 9 de agosto de 2015

O PT dará a base de lançamentos de foguetes em Alcântara no Maranhão para Rússia explorar

BASE DE FOGUETE EM ALCÂNTARA NO MARANHÃO

Decide o  governo atual que a base de lançamentos de foguetes em Alcântara no Maranhão será explorada pela Rússia e pela França. 

O CNPQ e os protocolos, [7]

Por que o Brasil não cumpriu os acordos para se tornar comercial? 

Duas coisas que ninguém fala: o acordo foi cancelado a pedido da Russia. 

A outra coisa é que este acordo era um Tratado. A comunidade diplomática em Brasilia só fala nisso, como um pais como Brasil pôde descumprir todos os protocolos diplomáticos e cancelar um tratado via fax diplomático, sem nem ao menos convocar o Embaixador Ucraniano ou emitir nota oficial explicando os motivos. N
o acordo. O foguete vinha inteiramente dos recursos ucranianos, e a base dos brasileiros. Cada parte tinha suas responsabilidades e, por incrível que pareça, os ucranianos não estão devendo nada a ACS, apenas o Brasil. Eles não são bobos, otários são os brasileiros. O acordo foi cancelado a pedido do Putin que quer lançar seus foguetes daqui, aquele que desistir vai ter que ressarcir todos os investimentos, danos e perdas comercias do outro. Estima-se que o Brasil será obrigado a pagar 2,5 Bi de reais aos ucranianos. 
Resultado de imagem para Roberto Amaral e Lula assinaram acordo com a Ucrânia

Nota: Enfim, terminou o tratado com a Ucrânia que o  ex-presidente do Brasil assinou (provavelmente em dia não favorável) aconselhado na época pelo presidente do partido PSB, ministro da Ciência e Tecnologia, Roberto Amaral [5]. 
Por que a Rússia?
BaseAlcantara02
A decisão de pôr fim ao acordo teria partido da Presidente Dilma Rousseff  mas negou que tenha havido pressão da Rússia. Os ministros da Defesa, Jaques Wagner, e da Ciência e Tecnologia, Aldo Rebelo, disseram (23/07/15) que a decisão de encerrar o acordo de lançamento de foguetes com a Ucrânia foi motivada por razões comerciais. Com o cancelamento do acordo com a Ucrânia, França e Rússia propuseram acordos. Quando em visita a Paris em 2009 o "ministro"  'jaques wagner' prometeu estudar tal proposta  [1] [4]

É o que pensa a defesa?
A cooperação na área de lançadores e de satélites poderia ser um dos pontos altos do BRICS. Os cinco sócios do bloco possuem indústrias aeroespaciais sólidas e sofisticadas e três deles, China, Índia e Rússia  [2]. Em carta de 16 de Julho, o Chanceler Brasileiro Mauro Vieira em poucas linhas comunica o fim da binacional Brasil-Ucrânia Alcântara Cyclone Space. [6]

Qual a solução para o  destino do Brasil, que devido a corrupção já sistêmica, o entreguismo, e não nacionalismo dos seus dirigentes,  perdeu o rumo nos últimos trinta anos!


NO NORTE!
Base de lançamentos de foguetes em Alcântara no Maranhão  para a Rússia


NO SUL!

Base chinesa em acelerada fase de construção na Patagônia
Base chinesa em acelerada fase de construção na Patagônia

A instalação de uma estação espacial chinesa na Patagônia causou vivas apreensões no país vizinho, informou o jornal portenho “La Nación”
A base começou a ser construída após o acordo firmado entre a presidente Cristina Kirchner e o seu homólogo chinês Xi Jiping, mas não teve sequer o indispensável aval do Congresso.Para as Forças Armadas argentinas o caso é sério: a estação espacial chinesa com 200 hectares de tamanho pode ser usada no futuro imediato com finalidades militares por Pequim. A concessão será por 50 anos, sem impostos, os funcionários serão chineses e receberão tratamento segundo a legislação de Pequim.

Notas:

2 comentários:

João disse...

Soberania do pt? Eu não sou petista, nem partidário sou .. mas vamos lá ..
Quando foi que o Brasil foi soberano ou independente?
Que soberaria você acha melhor? A dos partidos anteriores que sempre entregaram tudo aos estrangeiros 'azuis' ?
Vc prefere que nossa soberania fale inglês? Francês? Paraguaio? --' Cá entre nós ...
Nenhum nem outro ... mas a 'soberania' de língua inglesa matou nossos maiores engenheiros/cientistas ! (Voltar para eles seria no mínimo vergonhoso. Se não tem poder para enfrentá-los, que tenha vergonha na cara e não se ajoelhe 'Again').
Não sei quem são os partidos responsáveis (são vários ao longo da história e do nosso vasto território) mas nosso ouro está sendo roubado assim como outros minérios e outras riquezas. (Há mais que partidos envolvidos nisso, e não importa qual o partido, o roubo segue!). Falar em partido, atribuir a partido problemas grandes, estruturais e históricos é simplesmente não saber do que se está falando, é ignorância é ainda não ter enxergado as verdades dos fatos . Os problemas não estão em partido A ou B, eles, a corrupcão, a falta de soberania e tantos outros inúmeros problemas são consequências estrurais dos sistemas ai implantados. (Risos) Não se engane, se acredita verdadeiramente em partido vc está alienada! Falta amadurecer ..

Não adianta trocar os partidos, o sistema está comprometido.
A corrupção dos partidos é fruto direto da nossa população também corrupta, ignorante e de moral corrompida (inclui-se ai nossos acadêmicos, nossos doutores, que em geral são apenas tecnicistas e não intelectuais).
'Todos' os partidos estão contaminados não só por corruptos mas também por lobby de diversos tipos, gay, afro, da construção, da pecuária, etc etc e todos eles em algum nível são maléficos ao interesse coletivo e nacional.
Resolvendo os problemas supracitados, um ainda é bastante importante no tocante à nossa soberania, a forte influência anglo/sionista no nosso país que não só agem diretamente na política mas também controlam significativamente as mídias, influenciando assim a opnião pública, sua formação e entendimento da realidade que nos cerca .

Marilda Oliveira disse...

Prezado João.
Eu sou uma cidadã brasileira apartidária, indignada pelo rumo que foi conduzido o Brasil nos últimos trinta anos.
Pelo pouco que sei, procuro escrever os acontecimentos para que eu recorde e passo a conciliar, atualizar os fatos. Infelizmente, tudo se repete devido a ingerência, a incompetência, a corrupção, e com as mesmas falhas de sempre.
Hoje, eu clamo por uma Intervenção Constitucional Militar no Brasil, para preservar o que ainda resta do Brasil acreditando que o Brasil ainda tem muitos generais e militares confiáveis que lutam pelo país.
Grata por suas ponderações.