quarta-feira, 29 de março de 2017

Roraima: Rota da jihad é descoberta na Venezuela por Sta.Elena de Uairen, TI São Marcos, Boa Vista, Roraima e Manaus.

É a ausência completa do estado” 
Descoberta uma rota para a circulação de militantes islâmicos desde o Brasil até a América Central com a anuência da Venezuela.
EMILI J. BLASCO – 2017/03/24 10 publicado em Diário ABC.es [1]
Segundo afirmado pelo especialista Joseph Humire em um recente discurso  perante uma comissão do Congresso dos EUA no Peru , “por muitos anos, as redes terroristas islâmicos têm operado em um estado de graça jurídica na América Latina. Mais de metade dos países da região não têm enquadramento legal contra o terrorismo. 
Aparentemente, eles tinham chegado no Brasil pelos aeroportos internacionais de São Paulo e Rio de Janeiro. Após curtas estadias no país, se deslocaram em voos locais para Manaus, no coração da Amazônia. Em seguida, eles seguiram seu caminho por rodovia. Uma vez na Venezuela, eles tentaram cruzar o país e ir para a Colômbia por Cúcuta . A maioria foram presos ao entrar Venezuela, mas outros estavam prestes a ir para a Colômbia.
Vejam porque os militantes islâmicos Jihad se dirigem para a Colômbia/Brasil: recrutar, transformar, dividir, islamizar, destruir:
https://www.youtube.com/watch?v=mD87t3iyWMY
Supostamente ligadas ao extremismo islâmico que, em diferentes viagens, entraram ilegalmente pela Venezuela no Brasil pelo posto de fronteira mais próximo de Santa Elena de Uairén .
[​IMG]
Imagem relacionada
Resultado de imagem para Parapouco  Roraima
Imagem relacionada
O alerta foi feito em 2014 pelo então diretor do Escritório Nacional de Combate ao Crime Organizado e Financiamento ao Terrorismo da Venezuela, Gyoris Guzman. A reclamação de Guzman, que agora está na Espanha, onde se encontra como asilado político, não despertou qualquer reação por parte do Ministério do Interior venezuelano, hoje dirigido por Carmen Melendez, que negou a gravidade dos fatos revelados na investigação.

Segundo Guzman, “todos as medidas tomadas pela ministra estavam intimamente ligadas com o alto comando político do governo venezuelano, que desde essa data, o atual vice-presidente do país, Tarek el Aissami, já teria ingerência nas principais decisões sobre as políticas de atuação contra grupos militantes muçulmanos “.

“Na Venezuela há uma total falta de compromisso do governo para uma luta franca, sincera e bem-sucedida contra a criminalidade,” lamenta Guzman. Adverte que o regime de chavista “nem sequer cumpre os compromissos internacionais com a ONU ou de organismos regionais, como a Unasul e o Mercosul.” “É a ausência completa de um estado” afirma.
Acordos secretos chavistas para acolher no território venezuelano células do Hezbollah, o grupo militante xiita de origem libanesa, já foram investigados anteriormente. Também foi descoberto operações secretas das embaixadas da Venezuela no Oriente Médio para facilitar a emissão de passaportes para elementos extremistas islâmicos. Agora, acabou sendo descoberto outra prova da parceria chavista com o radicalismo islâmico: uma rota através do território venezuelano.
Imagem relacionada
Índios venezuelanos pleiteiam morar em RR, na Terra Indígena São Marcos!!!
http://www.folhabv.com.br/noticia/Indios-venezuelanos-pleiteiam-morar-em-RR--na-Terra-Indigena-Sao-Marcos/26036
ÍNDIOS? OU [...] DISFARÇADOS DE ÍNDIOS???

[1] https://tercalivre.com/2017/03/25/a-rota-da-jihad-atraves-da-venezuela/

Nenhum comentário: