quarta-feira, 28 de março de 2018

Roraima Estado sem desenvolvimento, imperando o nepotismo, corrupção e cinismo dos dirigentes políticos.


POR QUE! O ALTO COMANDO DAS FORÇAS ARMADAS BRASILEIRAS NÃO DIZ NÃO!!!! PARA O CRIME ORGANIZADO QUE SE INSTALOU NO BRASIL? POR QUE?

Segunda Turma do STF rejeitou a denúncia feita pela Procuradoria-Geral da República (PGR) no âmbito da Operação Zelotes contra o senador Romero Jucá (MDB-RR) e o empresário Jorge Gerdau; senador é acusado de receber vantagens indevidas da ordem de R$ 1,33 milhão pago por Gerdau por meio de doação oficial entre os anos de 2010 e 2014 visando favorecer suas empresas em Roraima; participaram da sessão que recusou a denúncia por unanimidade os ministros Dias Toffoli, Celso de Mello e o relator do inquérito, Edson Fachin

Até 1987 foram eleitos governadores biônicos para o Território Federal do Rio Branco/ de Roraima. No entanto, Boa Vista, é a única capital brasileira localizada totalmente ao norte da linha do Equador. Moderna, a cidade destaca-se entre as capitais da Amazônia pelo traçado urbano organizado de forma radial, planejado no período entre 1944 e 1946 pelo engenheiro civil Darcy Aleixo Derenusson, lembrando um leque, no conceito de cidade jardim.
No entanto, em 1988 Roraima de Território Federal, a Estado de Roraima, por azar, recebeu como governador indicado por José Sarney, o ex-presidente da Funai Romero Jucá (PMDB) que em nada contribuiu para o desenvolvimento sustentável de Roraima se não bastasse, mostrou a que foi enviado apoiando a CIMI e a FUNAI, na demarcação vergonhosa da Reserva Yanomami como contínua, além de levar para Roraima o nepotismo; com sua influência junto ao Governo Federal, Jucá se calou com a paralisação das obras do Linhão de Tucuruí, que interligaria Roraima ao SIN (Sistema Interligado Nacional) já que o Governo Federal disponibilizou R$ 13 bilhões para o setor, mas Roraima não recebeu um centavo. Além disso, as obras do Linhão estão paralisadas porque os índios Waimiri-Atroari impede o licenciamento da obras, não permitem passar a rede por dentro da reserva então demarcada, e com a crise na Venezuela o presidente Nicolas Maduro desligou a energia que vem para Roraima e abastece  as cidades de Boa Vista, Cantá, Rorainópolis, Alto Alegre, Mucajaí, Caracaraí, Pacaraima, Bonfim, Iracema e São Luiz.” os governos PMDB de Jucá/Sarney precedido pelos seus aliados PTB, PSDB e PP paralisaram o Estado de Roraima com a corrupção, e vistas grossas para as ONGS internacionais instaladas dentro de Roraima, para fragmentar o território, para tirar do cidadão a nacionalidade, o habitar.
Show foto17emp 101 linhao b1

A Farsa Yanomâmi e o entreguismo dos governos civis de 1985 ao atual

Nenhum comentário: