terça-feira, 18 de maio de 2010

Roraima Amazona Riquezas Cobiçadas (Parte 05)



Mozarildo Senador por Roraima e "Arruda?"...

Tese postada por Regina Kokama da COIAMA
Dia 07 de maio/2010, o Senador Mozarildo Cavalcante (RR), pronunciou um discurso no Senado Federal dizendo ,que; ‘’ Os índios representam 0,3% ( seria melhor aguardar o senso do IBGE, para dizer a quantidade certa, nobre Senador), da população brasileira e ONGs estão revivendo etnias que já eram consideradas extintas’’, o que chega a ser uma falta de respeito para com esse povo, que foram os primeiros habitantes deste país ao qual muitos políticos tem sua procedência indígena . Não dá para entender e parece até que ele gostaria que não existissem mais descendentes indígenas e, que com o passar do tempo fossem capazes de tentar salvar o pouco que lhes deixam de um país que repito antes era seu?

No entanto, ao ler uma matéria num jornal local na qual o chefe dos Caiapós, cacique Raoní, saiu pelo mundo a fora para obter recursos para proteger a selva, Raoní Metukire representa 6,3 mil membros do povo Caiapó e quando começou sua campanha em 1989 pela defesa da Amazônia ,obteve êxito pois permitiu delimitar as fronteiras da reserva de 195 mil km2, e atravessa pelo Rio Xingu, agora aparecem novas ameaças, além do desmatamento a criação desta nova hidrelétrica de Belo Monte, e uma proposta ridícula que vai militarizar terras indígenas denominada “assistência e proteção “, de forças militares nas áreas indígenas.
saibam que a maioria das populações indígenas, vivem em estado de miséria quase absoluta, não existe nenhum projeto de desenvolvimento sustentável como os existentes para agricultores ou sem terras e trabalhadores brasileiros.
No nosso entender o perigo nas fronteira sempre existiu e naqueles tempos sem essa ajuda , os índios sempre souberam se defender e proteger o país. A proposta que tramita na Comissão de Relações Exteriores do Senado , que tem como relatora uma senadora do PT, autoriza dentre outros pontos a liberdade de trânsito, acesso e poder de polícia e demais operações por via aquática , aérea ou terrestre com militares e policiais federais nas terras indígenas. Vocês acham que os índios merecem esta invasão de privacidade em suas terras?

senadora do PT, autoriza dentre outros pontos a liberdade de trânsito, acesso e poder de polícia e demais operações por via aquática , aérea ou terrestre com militares e policiais federais nas terras indígenas. Vocês acham que os índios merecem esta invasão de privacidade em suas terras?
A verdade é que voltamos a lembrar o que citei no início, ou seja, existem e muitos descendentes indígenas e ao que nos parece com armas atuais, que é a internet, que é uma flecha com alcance ilimitado e desta vez o Cacique Raoni não estará sozinho em sua jornada para informar ao mundo as pretensões do Governo Federal e de alguns políticos, em relação as populações indígenas brasileira.

Aqui em Manaus continua aquela história, ano eleitoral, com pré-candidatos e políticos tentando a reeleição buscando persuadir os índios visando os seus interesses e com isto, interferindo na vida indígena, oferecendo vantagens e prometendo mundos e fundos com o objetivo de ter o domínio sobre o eleitorado indígena, ou alguém duvida?

Parece até que os índios estão representando alguma ameaça aos poderes constituído, haja vista que desde o julgamento da terra indígena Raposa Serra do Sol em Roraima, muitas decisões tem sido tomadas contra os interesses indígenas, como por exemplo, as 18 condições imposta pelo Supremo tribunal Federal no julgamento sobre aquela demarcação, que impõe condições aos índios até de caçarem para comer ou as exigências imposta por órgãos governamentais com relação a sustentabilidade dos povos indígenas ou até mesmo a falta de projetos de desenvolvimento sustentável que possa tirar os índios desta situação de abandono em que se encontram.

Ao contrário daqueles que pensam que os índios são ricos por causa das terras demarcadas pelo Governo Federal, apenas para a sua sobrevivência e criticam os índios por isto, não querendo até que eles existam, saibam que a maioria das populações indígenas, vivem em estado de miséria quase absoluta, não existe nenhum projeto de desenvolvimento sustentável como os existentes para agricultores ou sem terras e trabalhadores brasileiros.

Os índios brasileiros tem apenas o direito de viver em uma terra que não lhes pertence é apenas demarcada para sinalizar que ali ainda sobrevive alguns descendentes de índios brasileiros que de proprietários passaram a ser apenas hóspedes e vigias do Governo Federal, que agora não satisfeitos com esta situação, querem alguns, que não conhecem a realidade indígena brasileira, colocar os índios em uma determinada situação na qual sua privacidade seja violada a qualquer momento por tropas militares e federais que a qualquer momento ou por qualquer motivo, como forma de mostrar a superioridade e a pretexto de proteção e segurança, levar os povos indígenas ao constrangimento por ter que aceitar a qualquer momento visitas armadas que vão interferir de alguma forma nos costumes e cultura que tanto a Constituição de 1988, tentou preservar através dos artigos 231 e 232 da Constituição Federal do Brasil.

Deixe o seu comentário sobre isto.
Postado por Regina Kokama da COIAMA

Nenhum comentário: