quarta-feira, 30 de maio de 2018

“Coloquem os óculos, senhoras e senhores: enxerguem!”, Tacutu quais seriam as razões por trás da construção deste corredor roubando 62% do território brasileiro?...

Atenção para o Perigo adendo julho/2018: Nicolás Maduro que transferiu toneladas de ouro para os bancos da Suíça, expulsa o povo, e mata aqueles que criticam o regime. Nicolás Maduro foi para Istambul na Turquia oferecer a 100 empresários turcos seus investimentos, as maiores reservas de ouro do mundo, EU AFIRMO: essas reservas as maiores do mundo são (sem fronteiras/Brasil) de São Gabriel da Cachoeira (cabeça do cachorro), Seis lagos, Território Yanomami, divisa com a Venezuela e não é só OURO não! E SIM NIÓBIO, DIAMANTES, COBRE URÂNIO, TERRAS RARAS, PETRÓLEO, GÁS,... Os comunistas da nWO estão conspirando com as governanças corruptas para enriquecerem usando as terras brasileiras para proveito próprio e da cabala que adora lúcifer, com supervisão do foro comunista de Cuba; saibam que essas terras, esse patrimônio pertence ao Brasil;(sem fronteiras) foram demarcadas como reservas TI contínuas com falsos índios dentro alocado por Lula, FHC, Dilma e agora Temer, na inconstitucionalidade, fechando do lado brasileiro e abrindo do lado venezuelano, por que? quem supervisiona a exploração na região?  O Brasil Merece Respeito.[2]
Prezados: Estamos vivendo um momento crucial na História da humanidade. Momento difícil de ser compreendido, principalmente se observado por análises dos fatos de maneira isolada. Não é nenhuma novidade o fato de que os comunistas sempre tenham dito que o sucesso do comunismo dependesse da consumação daquele regime em todo o planeta. Também não é nenhuma novidade o desejo do Islã de reinar sobre todos os povos da terra. Os adeptos desses dois projetos de poder mundial estabeleceram uma trégua entre suas diferenças e se uniram para destruir o ‘gigante imperialista ocidental cristão’ representado em sua liderança pelos EUA. Estas forças de destruição atuam, não só mundo afora, como dentro do território norte-americano, há anos – os presidentes Jimmy Carter, Bush (o Pai e filho)  Bill Clinton e, Barak Obama que o digam (são todos, dentre outros, provas vivas disso). Observe-se que Bush, a partir dos atentados de 11 de setembro de 2001, acelerou o processo de construção/aprimoramento do escudo antinuclear norte-americano, estendendo-o para a Europa.

Putin, o verdadeiro comandante da Rússia, por seu lado, ameaça com ataques – inclusive nucleares – aos americanos e a seus possíveis aliados. A Rússia reativou bases militares em territórios estrangeiros na Ásia, na Venezuela, e os EUA reativaram a IV Frota. Todos os inimigos dos EUA estão sendo abastecidos com armamentos e munições de todos os tipos – seja isso feito de forma legal e aberta ou não, direta ou indiretamente, pelas mãos dos russos. 


O Brasil, que ocupa, sozinho, a maior parte do Continente – está sendo alvo de ação no contexto dessas disputas. Em tendo o escudo antinuclear, parte da Europa e dos Estados Unidos relaxaram na ‘manutenção’ de zonas de retaguarda, para abastecimento e sobrevivência a um conflito nuclear. Subestimaram a capacidade de infiltração e de ação do inimigo dentro de suas fronteiras, assim como avaliaram mal a importância, em termos de quantidade, de se poder contar com povos e territórios aliados. 


Não ligaram para a esquerdização da América-Latina (completamente patrocinada pelos mesmos inimigos que atuam dentro do estado norte-americano) e, depois de 2001, tentam, sem sucesso (com exceção da Colômbia), trazê-la de volta para o bloco dos aliados do grupo ‘ocidental-cristão’. Outra razão para a criação da IV Frota. 


A vocação da América-Latina jamais foi a comunista, ainda que tenham prevalecido na região ditaduras paternalista-populistas – que são coisas diferentes. venezuelanos, argentinos e, bolivianos saíram às ruas para lutar contra a implantação do comunismo em seus países é o que acontece com o Brasil atualmente. Ao contrário, como já disse, parte do mundo tem feito vista grossa em relação à esquerdização da América do Sul e outra tem patrocinado exatamente esse processo. Não é preciso, portanto, que haja ingerência nenhuma dos EUA para que reações internas aconteçam. 


No Brasil, por exemplo, essa reação tem-se dado, AINDA, nos níveis judiciais e intelectuais. Os povos da região também não têm o menor desejo de se unificarem na União das Repúblicas Socialistas Latino-Americanas (o nome muda toda hora...). Esse ‘projeto’ de união, patrocinado pela oligarquia financeira internacional, através da ONU, vem, portanto, de fora, e, aqui, atua pelo braço do Foro de São Paulo.


Como o processo de ‘união’ em bloco é completamente antinatural, vem sendo imposto, sem disfarçatez por parte dos governantes do Foro que chegam ao poder em seus países. Por isso é que, para o PT e para outros esquerdistas, ‘perder’ três refinarias da Petrobras para a Bolívia, e Passadena, não se tratou de perda e sim de remanejamento de administração – já que o que se tem em mente é o bloco continental e não um pedaço dele, no caso o Brasil. E funciona esse tipo de olhar para tudo o que se faça por aqui, com o Brasil quase sempre perdendo, porque é visto como o gigante imperial-capitalista da região. 


Marco Aurélio Garcia já declarou que toda a América-Latina precisa se beneficiar da futura exploração do petróleo do Pré-Sal. Entretanto, nesse novo cenário de ‘Guerra Fria’, é bem possível que os movimentos de reação ao comunismo acabem recebendo, sim, apoio (sabido, por estes, ou não) de grupos aliados aos ocidentais-cristãos, que, agora, começam a entender (talvez um pouco tarde demais) que têm um inimigo poderosíssimo em comum e que age à revelia de fronteiras – geográficas e ideológicas. 


Não é hora de olhar o mundo com olhos anti-americanistas e, sim, com olhos (e bem abertos) anti-internacional-comunisto-fascistas. Identifiquemos bem os inimigos do homem e da liberdade, senhores.

Pois é, a Guiana divisa com o Brasil tem petróleo A Venezuela está ameaçando invadir a Guyana para se apoderar do Território Essequibo.

Em 2001, a Agência Nacional de Petróleo (ANP) publicava um mapa com as reservas brasileiras de hidrocarbonetos no qual marcava a bacia do Tacutu entre essas reservas (figura abaixo). 

A Farsa do Território Yanomâmi em Roraima e o entreguismo de Lula, Temer, e demais presidentes, de 1985 até hoje

Áreas riquíssimas para o Brasil, Lula e Dilma mandou demarcar como reserva contínua TI de índios e "falsos índios venezuelanos", encurralando as áreas a serem exploradas para o lado venezuelano, e o STF brasileiro homologou virando a página.
Ou seja, o fato de haver reservas de petróleo e de gás na região não é desconhecido por autoridades ligadas à área petrolífera e nem por parte do governo, que, em novembro de 2006, por meio do Ministério da Ciência e Tecnologia, empregou recursos da ordem de R$ 1,5 milhão, através de emenda parlamentar, na Universidade Federal de Roraima, para a implementação do Núcleo de Pesquisas Energéticas (Nupenerg) com propostas de pesquisar petróleo na bacia do Tacutu, e na Bacia Sedimentar do Amazonas, na região sul de Roraima. Grande parte da porção brasileira da Bacia do Tacutu está dentro da área da reserva indígena Raposa Serra do Sol. Ou seja, como se não bastasse haver nióbio, tântalo, ouro e diamantes, na Raposa Serra do Sol também tem petróleo e/ou gás.
A demarcação de reserva indígena pretendida pela FUNAI e pelo Instituto Sócio Ambiental (ISA): a dos Cué-Cué Marabitanas, no Amazonas.
 A descrição geográfica da posição desta Terra Indígena (TI) feita por Maier impressiona: "Na extremidade sul da TI Cué-Cué Marabitanas fica a cidade de São Gabriel da Cachoeira... Entre a TI Balaio, a leste (que, por sua vez, já faz fronteira com a TI Ianomâmi); a TI Alto Rio Negro, a oeste; a TI Médio Rio Negro I, ao sul; e a Venezuela, ao norte. Abaixo da TI Alto Rio Negro, existe ainda a TI Rio Apapóris (próximo à Vila Bittencourt). E a leste da TI Médio Rio Negro existem as TI Médio Rio Negro II e TI Rio Tea. Abaixo da TI Médio Rio Negro I - depois de uma faixa de terra ainda não pleiteada pela Funai para os indígenas - existe a TI Uneiuxi. Todas estas TI ficam no Amazonas. Com as demarcações de Balaio e Cué-Cué Marabitanas, o município de São Gabriel da Cachoeira terá 90% de suas terras destinadas aos índios!" Seis Lagos as maiores reservas de Nióbio do mundo:[1]
Imagem relacionadaResultado de imagem para seis lagos amazônia
Observem o mapa acima (clique para ampliar). A criação da Reserva Indígena Balaio foi feita depois que o Serviço Geológico do Brasil (CPRM), órgão do Ministério de Minas e Energia, identificou 
Resultado de imagem para Seis lagos são gabriel da cachoeiraResultado de imagem para seis lagos amazônia
Seis Lagos, um imenso depósito de nióbio logo a norte de São Gabriel da Cachoeira. Esse depósito pode ser até maior que o maior depósito de nióbio hoje conhecido no mundo, que é o de Araxá, em Minas Gerais, que produz 95% do nióbio consumido no mundo. Aliás, antes mesmo de criar a reserva indígena foi criado um parque nacional sobre o depósito, para impedir seu estudo. A quem interessa isso? Mas, as ambições não param por aí. A pretensão da FUNAI e do ISA é juntar todas estas terras indígenas numa única, que receberia o nome de TI Balaio (veja mapa acima), na qual São Gabriel da Cachoeira estaria COMPLETAMENTE inserida. Acompanhando todas as demarcações de TI(s) e de reservas ambientais na região da Amazônia Legal e até nas suas redondezas, pode-se observar a formação de um corredor de riquezas com importância estratégico-geográfica impressionante. Uniria o Oceano Atlântico ao Pacífico, partindo da Guiana e passando pelo Brasil e Colômbia. Olhando o mundo a partir da suposição de uma Terceira Guerra Mundial, quem tiver o domínio sobre esta região do ‘corredor’ estará muito bem arranjado. Sobre isso, leiam “Coloquem os óculos, senhoras e senhores: enxerguem!”. O importante é começar a pensar sobre quais seriam as razões por trás da construção deste corredor...
Notas:
http://artigosrebeccasantoro.blogspot.com/2008/09/o-misterioso-rico-e-estratgico-corredor.html
Make Google view image button visible again: https://goo.gl/DYGbub
[1]https://artigosrebeccasantoro.blogspot.com/2008/09/coloquem-os-culos-senhoras-e-senhores.html
[2]http://www.trt.net.tr/portuguese/economia/2018/07/10/nicolas-maduro-reuniu-se-com-empresarios-turcos-em-istambul-1009773

2 comentários:

Unknown disse...

Dificil de acreditar que o pais inteiro nao esta falando disto. Com os 3% apenas que o Canada produz e suficiente para manter saude e educacao de graca para o pais inteiro. Ja imaginaram como seria o Brasil se ezte minerio nao estivesse sendo contrabandeado para fora do pais, para os bolsos de poucos? Seriamos o pais mais rico do mundo, coma qualidade de vida inigualavel! ACORDA BRASIL!

Marilda Oliveira disse...

Grata Unknown por suas ponderações. Realmente, o povo brasileiro não compartilha após pesquisa esses assuntos de interesse nacional deixando os nacionais entreguistas e não nacionais DENTRO DO BRASIL, ACHAR QUE O BRASIL É FORMADO POR ANALFABETOS NÃO FUNCIONAIS OU MELHOR IDIOTAS INÚTEIS.